Bolsas

Câmbio

Greve de controladores obriga cancelamento de centenas de voos na Itália

Roma, 17 jun (EFE).- Centenas de voos foram cancelados nesta sexta-feira em toda Itália por conta da greve dos controladores aéreos do país, que terá duração de quatro horas, das 13h às 17h no horário local (8h às 12h em Brasília).

Os dois sindicatos que convocaram a paralisação, UNICA e LICTA, anunciaram que os voos cancelados poderiam chegar ao total de 500 e que serão locais e intercontinentais. Até às 15h (horário local, 10h em Brasília), no Aeroporto Internacional de Roma 78 chegadas e partidas já tinham sido suspensas, e nos aeroportos de Malpensa e Linate, em Milão, outras dezenas estavam na mesma situação.

A greve de controladores é contra o atual sistema previdenciário.

Em comunicado, o diretor-geral da Associação de Companhias Aéreas pra a Europa (A4E), que engloba entre outras a British Airways, a Iberia e a Lufthansa, Thomas Reynaert, destacou que a mobilização - autorizada ontem pelo Tribunal Administrativo Local do Lácio -, ocorre ao mesmo tempo em que a seleção italiana enfrenta à sueca na Eurocopa.

"Enquanto este encontro esportivo acontece, milhares de passageiros europeus serão abandonados na Itália ou não poderão pegar um voo ao exterior", denunciou.

A maior companhia italiana, a Alitalia, assim como outras que operam em Roma, ativou um plano que oferece alternativas de voos para minimizar os problemas gerados aos passageiros EFE

crg/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos