Bolsas

Câmbio

Argentina reativará um dos trens mais elevados do mundo

Buenos Aires, 23 jun (EFE).- O turístico Tren a las Nubes (Trem às Nuvens), um dos transportes ferroviários mais elevados do mundo, situado na Argentina, voltará à atividade no dia 9 de julho, coincidindo com a celebração dos 200 anos de independência do país, informou o Ministério de Transporte nesta quinta-feira.

O trem, que começou a circular em 1972, fecha durante o verão (de dezembro a março) devido às chuvas que podem provocar deslizamentos pelas regiões em que transita na província de Salta (noroeste), e neste ano será reaberto no dia em que será comemorado o bicentenário da Independência da Argentina.

Desta vez, as viagens, que sairão três vezes por semana e que podem ser reservadas pelo site do trem, combinarão trajetos por rodovias e ferrovias, e contarão com um limite de 300 passageiros por percurso.

O Tren a las Nubes percorre 434 quilômetros ao longo de 16 horas e alcança uma altura máxima de 4.220 metros sobre o nível do mar, o que faz dele um dos trens mais elevados do mundo.

O trajeto liga a capital de Salta com o município de San Antonio de los Cobres, quase na fronteira com a província de Jujuy, e passa por lugares como a Quebrada del Toro e o pequeno vilarejo de Santa Rosa de Tastil, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Dentro dos vagões haverá guias especializados e acompanhamento médico, e também será oferecido café da manhã e lanche.

Em 2015, o Tren a las Nubes deixou um lucro de nove milhões de pesos (cerca de US$ 614 mil) aos cofres de Salta e transportou aproximadamente 10,3 mil passageiros. Para este ano, a expectativa é ter cerca de 19 mil viajantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos