Bolsas

Câmbio

Twitter suspende 235 mil contas que promoviam terrorismo

Nova York, 18 ago (EFE).- O Twitter anunciou nesta quinta-feira a suspensão de outras 235 mil contas que promoviam o terrorismo nos últimos seis meses e condenou novamente os que fazem uso dessa rede social para fazer apologia a ações terroristas.

"O mundo é testemunha de uma nova onda de ataques terroristas mortíferos e abomináveis. Condenamos energicamente estes atos e seguimos comprometidos em eliminar a promoção da violência e do terrorismo em nossa plataforma", disse o Twitter em comunicado.

A empresa californiana explicou também que ampliou o tamanho das equipes que buscam contas que defendem o terrorismo e a violência, o que permitiu uma redução no tempo de atuação na hora de lidar com esses problemas.

"No futuro vamos seguir investindo tanto em tecnologia como em outros recursos para enfrentar este problema e atualizaremos os progressos que estamos alcançando de maneira regular", acrescentou a rede social no mesmo comunicado.

Desde que o Twitter começou há um ano a responder críticas pelo uso feito de sua plataforma para fazer apologia do terrorismo e a violência suspendeu um total de 360 mil contas, segundo detalha nesta quinta-feira o jornal "The New York Times".

A companhia se defende das críticas assegurando que não existe um "algoritmo mágico" que permita identificar conteúdo terrorista, mas acrescenta que segue trabalhando com seus analistas para estreitar o cerco aos extremistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos