Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,11%

Nova York, 2 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,11% em um pregão influenciado pela divulgação de um relatório oficial de empregos nos Estados Unidos que superou as previsões dos analistas.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 21,51 pontos e ficou com 19.170,42. Já o índice composto da Nasdaq subiu 0,09%, para 5.255,65, e o seletivo S&P 500 ganhou 0,04% e fechou aos 2.191,95.

Desta forma, o Dow Jones emendou a quarta semana consecutiva de lucro desde a vitória do magnata republicano Donald Trump nas eleições, enquanto o S&P 500 e o Nasdaq frearam a sequência de alta pós-eleitoral e terminaram com perdas semanais.

Os operadores do pregão nova-iorquino protagonizaram uma sessão sem grandes sobressaltos após conhecerem o relatório oficial de emprego de novembro, que foi melhor que o previsto e que estabelece as bases para a alta das taxas de juros por parte do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA).

A economia americana criou 178 mil novos empregos no mês passado, um novo indicador da boa saúde que do mercado de trabalho e que será levado em conta pelos membros do Fed na reunião dos dias 15 e 16 de dezembro.

Os investidores também continuaram de olho no referendo que será realizado no próximo domingo na Itália, no qual um "não" à reforma constitucional proposta pelo governo pode colocar em perigo a continuidade do primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi.

Os setores fecharam divididos entre os avanços dos de matérias-primas (0,78%), saúde (0,46%), tecnologia (0,36%) e energia (0,08%) e os descensos do financeiro (-0,22%), do de telecomunicações (-0,16%) e do industrial (-0,06%).

Goldman Sachs (-1,44%) liderou as perdas no Dow Jones, à frente de Caterpillar (-1,14%), American Express (-0,95%), Cisco Systems (-0,68%), Dupont (-0,67%), Disney (-0,44%), Nike (-0,38%), JP Morgan (-0,26%), Chevron (-0,26%) e Exxon Mobil (-0,24%).

Os maiores lucros foram da Intel (1,18%), seguida por United Technologies (0,68%), Procter & Gamble (0,66%), Merck (0,61%), Pfizer (0,54%), Johnson & Johnson (0,52%), Coca-Cola (0,50%), Visa (0,42%), Apple (0,37%) e Home Depot (0,29%).

No momento do fechamento do pregão, a onça do ouro subia para US$ 1.177,6, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em 10 anos caía para 2,39%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos