Bolsas

Câmbio

Kia surpreende em Detroit com sedã esportivo Stinger e mira rivais alemães

Detroit (EUA), 11 jan (EFE).- A Kia surpreendeu em sua estreia no Salão Internacional do Automóvel da América do Norte (NAIAS), realizado em Detroit, com o sedã esportivo Stinger, com o qual visa competir neste segmento com rivais alemães e japoneses já consagrados.

"Ninguém esperava este veículo porque não é comum para a marca Kia. Promete ser o de mais alto rendimento na história da companhia, com um motor V6 que produz até 365 cavalos de potência", disse Candelaria Powell, gerente multicultural da Kia, à Agência Efe.

Powell acrescentou com segurança que o Stinger "vai atrair para a Kia consumidores de outras marcas como BMW, Mercedes, Lexus e Infinity".

Quando a Kia revelou em 2014 o protótipo GT4 Stinger, muitos aprovaram o carro que a própria montadora sul-coreana definiu como o "protótipo mais agressivo até então projetado" por ela.

Também muitos consideraram improvável que a Kia, mais associada a veículos de produção em massa e preços moderados, fosse capaz de fabricar e comercializar um automóvel de produção baseado no GT4 Stinger.

Mas em pouco mais de três anos, a companhia sul-coreana transformou esse protótipo de um cupê 2+2 em um veículo de produção cujo objetivo é deixar definitivamente no retrovisor a imagem de montadora de automóveis para o grande consumo.

"Stinger é um veículo muito importante para a Kia. Obviamente, ninguém esperava, e é completamente novo para a Kia", frisou Powell.

A importância do Stinger foi clara na estreia do veículo em Detroit, que contou com a presença do já icônico Peter Schreyer, diretor de design da Kia; Albert Biermann, diretor da Kia para o desenvolvimento de veículos de alto rendimento, e Gregory Guillaume, diretor de design da Kia na Europa, além dos principais diretores da montadora na Coreia do Sul e nos Estados Unidos.

Se a estética do Stinger, que mantém o tradicional "nariz de tigre" que Schreyer criou como sinal de identidade da nova Kia, fez com que o veículo não passasse despercebido, os detalhes técnicos também impressionaram.

A Kia deve equipar o Stinger com duas opções de motor, ambas ainda em desenvolvimento.

O motor padrão será um de 2 litros e quatro cilindros Theta II que produzirá 255 cavalos de potência a 6.200 rotações por minuto (rpm) e torque de 260 lb-ft entre 1.400 e 4.000 rpm.

A versão mais potente do Stinger será equipada com um motor biturbo de 3,3 litros em V6 Lambda II que produzirá 365 cavalos de potência a 6.000 rpm e torque de 376 lb-ft entre 1.300 e 4.500 rpm.

A Kia espera que esta última versão alcance 100 km/h em 5,1 segundos e uma velocidade máxima de 269 km/h. Os dois motores serão acoplados a uma transmissão automática de oito velocidades de segunda geração.

Pela primeira vez em um veículo da marca, o amortecimento e as características de direção podem ser ajustados pelo motorista graças à suspensão eletronicamente ajustável conhecida como "Dynamic Stability Damping Control". O sistema conta com cinco modos de ajuste: Pessoal, Eco, Esportivo, Confortável e Inteligente.

A montadora disse que o Stinger também estará disponível com tração nas quatro rodas, com preferência do eixo traseiro para melhorar o controle do veículo. A transmissão poderá ser controlada manualmente por meio de borboletas no volante.

Outra tecnologia do Stinger que a Kia incorpora pela primeira vez a um de seus veículos é o sistema de alerta de atenção ao motorista para ajudar a combater o cansaço.

Este sistema avisa com sinais sonoros e visuais se detectar que o condutor dá sinais de cansaço ou distração e recomenda a parada do veículo.

Sistemas adicionais incorporados ao Stinger são a ajuda de colisão frontal com frenagem autônoma de emergência e detecção de transeuntes, controle inteligente de velocidade de cruzeiro, manutenção da pista e alerta de ponto cego.

Powell também confirmou à Efe que a Kia comercializará o Stinger nos Estados Unidos no final de 2017, quando anunciará seu preço, mas acrescentou que a política da marca de oferecer "um grande preço funcionou" e será mantida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos