Bolsas

Câmbio

IFJ lança seguro global para jornalistas que cobrem conflitos

Bruxelas, 19 jan (EFE).- A Federação Internacional de Jornalistas (IFJ) lançou um seguro global para jornalistas e profissionais de imprensa que trabalham em regiões de conflito, informou à Agência Efe o secretário-geral adjunto da entidade, Jeremy Dear.

A apólice busca melhorar a segurança trabalhista de um setor no qual morreram 2.297 trabalhadores nos últimos 25 anos (1990-2015) com um seguro padrão que abrange também jornalistas autônomos, independentes, fotógrafos, tradutores, motoristas, ou seja, todos os que estejam vinculados às atividades da imprensa.

"Muito frequentemente essas pessoas não têm acesso a um seguro que cubra esse tipo de risco nas áreas nas quais trabalham", explicou o secretário-geral adjunto da IFJ.

O novo seguro cobre morte acidental, incapacidade, emergências, evacuação por doença e repatriação de qualquer parte do mundo.

Com um custo mínimo de 12 euros semanais, o seguro pode ser contratado de forma imediata e pretende evitar obstáculos frequentes nesse tipo de apólices. Profissionais norte-americanos, por exemplo, não têm cobertura em determinados países por correrem mais risco que jornalistas de outras nacionalidades.

Também não são excluídos dos benefícios os jornalistas que tenham que viajar em veículos militares, prática habitual dos profissionais em locais de conflito. Só deixarão de receber os seguros aqueles que adotarem práticas pouco recomendáveis para os repórteres em geral, como vestir uniformes militares ou portar armas.

O seguro foi pensado pela IFJ com uma equipe de especialistas e a empresa Isle of Man Assurance. Ele também inclui um plano de emergência da Northcott Global Solutions, que conta com uma rede de 7 mil profissionais por todo o mundo e que garante o apoio em no máximo quatro ou cinco horas, segundo Dear.

A apólice padrão não oferece cobertura em caso de sequestros porque encareceria o projeto e se trata de uma circunstância específica de apenas algumas regiões do planeta. Os profissionais, porém, podem incluir essa opção se desejarem.

Qualquer jornalista pode contratar o seguro. Os membros do IFJ terão 10% de desconto em todas as modalidades. Apesar da medida, a entidade trabalha para conscientizar as empresas para proteger seus funcionários que atuem em zonas de conflito com seguros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos