Bolsas

Câmbio

Venezuela nega temer que EUA reduzam importações de petróleo

Viena, 22 jan (EFE).- O ministro do Petróleo da Venezuela, Nelson Martínez, descartou neste domingo em Viena o temor de que os Estados Unidos possam reduzir suas importações de petróleo do país sul-americano, depois que a Casa Branca anunciou um plano para eliminar a dependência energética da Opep.

"Penso que os volumes de importações serão mantidos. Tivemos muito boas relações de comércio e de troca com os Estados Unidos. Há uma relação bilateral e econômica muito fluente há muito tempo. Acho que isso será mantido", declarou Martínez, que, ao ser perguntado se está preocupado com uma possível queda, foi categórico: "absolutamente".

A Casa Branca publicou na sexta-feira um documento chamado "Um plano energético América Primeiro", no qual foi anunciada a estratégia do novo presidente, Donald Trump. "O presidente Trump está comprometido em conseguir a independência energética do cartel da Opep e de qualquer nação hostil a nossos interesses", diz o texto.

Venezuela e Arábia Saudita são os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que mais petróleo exportam aos EUA.

"É uma opinião particular do senhor presidente Trump. Acredito que há muita interdependência no mundo energético e que é bom mantê-la pelo bem de todos. Os Estados Unidos têm um potencial muito grande e é provável que consigam (se tornar independentes), mas para isso são necessários grandes investimentos", opinou o ministro venezuelano.

Martínez se reúne hoje na capital austríaca com os ministros de Petróleo de Arábia Saudita, Catar, Argélia e Venezuela, todos membros da Opep, e de outros grandes produtores alheios ao grupo, como a Rússia, para supervisionar o pacto para reduzir a produção nos primeiros seis meses de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos