Bolsas

Câmbio

Impulsionado pelo Brasil, lucro do Santander cresce 6,1% na América Latina

Madri, 25 jan (EFE).- O Grupo Santander obteve um lucro líquido de US$ 3,63 bilhões na América Latina em 2016, um crescimento de 6,1% em relação ao ano anterior, graças aos resultados no Brasil.

De acordo com informações enviadas pela instituição à Comissão do Mercado de Valores (CNMV), órgão regulador da bolsa na Espanha, o Santander lucrou US$ 1,91 bilhão no Brasil, um avanço de 9,5%.

Considerando todas as áreas nas quais o grupo espanhol opera, o Santander registrou um lucro de US$ 6,65 bilhões, 4% a mais do que no ano passado. Do lucro total registrado, 21% corresponderam ao Brasil, 20% ao Reino Unido e 12% à Espanha.

O crédito concedido aos clientes brasileiros cresceram 25,3%, de acordo com os dados divulgados pelo banco. Já os depósitos subiram 28% em relação aos 12 meses de 2015.

Na América Latina, o principal país depois do Brasil foi o México, onde a instituição financeira registrou um lucro líquido de US$ 674 milhões, um avanço de 0,1% na comparação com o ano anterior. No Chile, a alta dos lucros foi de 12,7%, para US$ 550 milhões.

Além da presença na América Latina, o Santander também atua nos Estados Unidos, mas os resultados no país agora presidido por Donald Trump foram bastante diferentes. O lucro líquido do banco nos EUA caiu 41,8%, fechando 2016 em US$ 423 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos