Bolsas

Câmbio

FMI destaca atividade "surpreendentemente positiva" em alguns países europeus

Em Bangcoc

  • Thinkstock

O FMI (Fundo Monetário Internacional) destacou nesta segunda-feira (24) a atividade "surpreendentemente positiva" das economias de Alemanha, Espanha, França e Itália no final de 2016 e começo de 2017, e que levou a instituição a revisar para cima o crescimento da zona do euro.

A zona do euro crescerá 1,9% este ano e 1,7% no seguinte, segundo a atualização do relatório Perspectivas da Economia Mundial apresentado pelo FMI em Kuala Lumpur, na Malásia.

A Alemanha crescerá 1,8% (2017) e 1,6% (2018); Espanha, 3,1% (2017) e 2,4% (2018); França, 1,5% (2017) e 1,7% (2018); e Itália, 1,3% (2017) e 1% (2018).

Já a economia global vai se manter em um "bom caminho" e assegura sua recuperação, segundo o FMI, que manteve a previsão de crescimento mundial de 3,5% em 2017 e 3,6% em 2018.

A instituição apontou que os dados de crescimento do primeiro trimestre do ano foram superiores aos esperados, especialmente em economias emergentes e em várias da zona euro, ao atualizar o relatório de abril sobre perspectivas da economia mundial.

"A recuperação do crescimento global que projetamos em abril se mantém firme. Não há dúvidas de que a economia mundial está ganhando força", disse o diretor de Pesquisa do FMI, Maurice Obstfeld, ao apresentar o relatório.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos