Bolsas

Câmbio

Pequim, Tianjin e Hebei ampliarão estadia sem visto para até 144 horas

Xangai (a China), 28 jul (EFE).- As cidades de Pequim e Tianjin, junto com a província de Hebei, permitirão a entrada livre a estrangeiros de certos países sem visto durante 144 horas (seis dias) a partir do final deste ano, informou nesta sexta-feira o jornal local "China Daily".

O anúncio foi feito ontem pela vice-prefeita da capital chinesa, Cheng Hong, que contou que graças a esta política se ampliará o tempo livre de vistos para os viajantes de alguns países que queiram visitar estas regiões, um período que atualmente é de 72 horas.

"Esta mudança permitirá a livre circulação de recursos" na região de Pequim-Tianjin-Hebei", disse Cheng.

Em 2016, a cidade de Xangai e as províncias de Jiangsu e Zhejiang tomaram a frente em permitir a entrada livre de cidadãos de 51 países durante 144 horas, algo que não só favorece o turismo mas também as visitas de negócios.

Esta medida, explicou Cheng, está incluída dentro de um plano para abrir a indústria de serviços da capital que reduzirá as restrições ao investimento em setores como aviação, cultura, bancário, serviços jurídicos, turismo, pesquisa e desenvolvimento médico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos