Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,25%

Nova York, 27 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em alta de 0,25% após a divulgação dos detalhes do plano de reforma fiscal apresentado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 56,39 pontos e chegou a 22.340,71. O seletivo S&P 500 subiu 0,41%, para 2.507,04, e o índice composto da Nasdaq avançou 1,15% e fechou aos 6.453,26 pontos.

Os investidores tenderam às compras durante o pregão e quase levaram o S&P 500 e o Nasdaq Composite a estabelecer recordes na reta final, enquanto o presidente Trump apresentava os detalhes do seu plano de reforma fiscal.

A proposta inclui uma redução da alíquota máxima de impostos cobrada das empresas de 35% para 20%, a supressão do imposto sobre sucessões e a redução de sete para três faixas de impostos de renda (12%, 25% e 35%).

Antes da abertura, o Departamento de Comércio divulgou que os pedidos de bens duráveis às fábricas do país cresceram 1,7% em agosto, após uma forte queda de 6,8% registrada em julho.

No Dow Jones, as principais altas foram dos papéis de United Technologies (2,14%), Goldman Sachs (2,10%), JPMorgan (1,58%), UnitedHealth (0,93%), Visa (0,92%), American Express (0,90%), Microsoft (0,81%), Apple (0,71%) e Exxon Mobil (0,67%).

As quedas mais expressivas foram das ações de General Electric (-2,25%), Coca-Cola (-2,04%), Procter & Gamble (-1,92%) e Nike (-1,92%), que decepcionou os investidores com seus resultados trimestrais.

No fechamento do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.285,60, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos aumentava para 2,298%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos