PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Argentina aumenta taxa de juros para 27,75%

24/10/2017 19h51

Buenos Aires, 24 out (EFE).- O Banco Central da Argentina (BCRA) anunciou nesta terça-feira uma alta na taxa básica de juros para 27,75%, alegando uma insuficiente "velocidade" na tentativa de baixar a meta de inflação pelo governo.

Em um comunicado, a entidade disse que, embora neste ano o aumento dos preços tenha "mostrado uma leve tendência decrescente", com um aumento mensal de 1,6% de média, a decisão de um ajuste monetário foi tomada para buscar "uma desaceleração mais acentuada".

A autoridade monetária explicou que, após um aumento do preço dos combustíveis "superior ao esperado", foi necessário "induzir o resto dos preços a subir em um ritmo menor para compensar este efeito".

A taxa de inflação chegou a 23,8% no mês passado, levando-se em conta o período acumulado dos últimos 12 meses, uma cifra que o governo considera excessiva, já que mantém a meta para este ano em 17%.

O BCRA também esclareceu que continuará a manter esta tendência até observar um aumento menor dos preços e verificar que a inflação está se dirigindo para a meta de 10% estabelecida para 2018, um número que os analistas locais consideram muito ambicioso, já que preveem, segundo a evolução atual, que seja de 15,8%.