Dow Jones sobe 1,38% e fecha acima dos 24 mil pontos

Nova York, 30 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em forte alta de 1,38% e estabeleceu um novo recorde, ultrapassando pela primeira vez os 24 mil pontos.

O Dow Jones chegou à inédita marca de 24.272,21 pontos, enquanto o seletivo S&P 500 também bateu um novo recorde ao subir 0,82% e fechar com 2.647,58 unidades. Já o índice composto da Nasdaq avançou 0,73%, aos 6.873,97 pontos.

Os números são ainda mais impressionantes levando em consideração que o Dow Jones precisou de cerca de 45 dias para passar dos 23 mil pontos, superados em 17 de outubro, para o novo recorde de hoje.

Wall Street viveu hoje um dia histórico, registrando alta desde o início da sessão, marcada pelas negociações no Senado para aprovar o projeto de reforma tributária proposto pelo presidente Donald Trump.

A animação do mercado aumentou na metade da manhã, quando o senador republicano John McCain, um dos mais importantes do partido, revelou que planeja votar a favor do projeto.

Os republicanos precisam de pelo menos 50 votos do total de 100 senadores para aprovar a reforma, mas ainda há alguns membros do partido que se opõe a proposta. Por isso, o apoio de McCain é essencial para que o projeto de Trump passe pela casa.

Por outro lado, os investidores também reagiram aos novos dados sobre a evolução do mercado de trabalho. As solicitações de seguro-desemprego caíram na semana passada em 2.000, totalizando 238.000, influenciando a alta de hoje.

No Dow Jones, as principais altas foram dos títulos de United Technologies (2,78%), Boeing (2,77%), United Health (2,72%), Goldman Sachs (2,60%), Visa (2,48%) e Caterpillar (2,25%).

As quedas mais acentuadas foram dos papéis de General Electric (-1,03%), Cisco Systems (-0,48%), Walt Disney (-0,40%), Johnson & Johnson (-0,34%), Wal-Mart (-0,34%) e Merck (-0,16%).

No fim do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.287,40, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos aumentava para 2,420%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos