Bolsas

Câmbio

Sindicato da Latam no Uruguai se manifesta em aeroporto por demissões

Montevidéu, 14 dez (EFE).- O sindicato dos funcionários da Latam no Uruguai se manifesta nesta quinta-feira na frente do Aeroporto Internacional de Carrasco, nos arredores de Montevidéu, contra as demissões "improcedentes" de 34 funcionários da companhia aérea multinacional com sede no Brasil e no Chile.

Raquel Sena, representante do sindicato, disse que eles tinham um acordo com a empresa para que essas demissões não acontecessem Segundo ela, o anúncio foi feito na segunda-feira passada e, embora o sindicato esteja negociando com a empresa, os demitidos estão se manifestado tanto no Aeroporto de Carrasco e na porta do escritório central da Latam.

Durante a demissão, a empresa multinacional ofereceu aos empregados trabalhar para a Global Airport Services, empresa que desde a última segunda está encarregada dos serviços do check-in para a Latam no Uruguai.

"Nos ofereceram trabalhar na empresa que vai nos terceirizar por um salário mais de 50% a menos do que tínhamos e sem nenhum benefícios que a Latam nos dava", ressaltou.

Além disso, a sindicalista destacou que pediram à empresa a "restituição" dos seus postos de trabalho em duas ocasiões e que na segunda reunião foi oferecida uma indenização que, segundo ela antecipou, "vai ser rejeitada" pelo sindicato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos