Bolsas

Câmbio

Arábia Saudita apoia moeda iemenita com depósito de US$ 2 bilhões

Riad, 16 jan (EFE).- A Arábia Saudita apoiou nesta quarta-feira a moeda do Iêmen, o riyal, com um depósito de US$ 2 bilhões no Banco Central do país vizinho, em resposta a um pedido de ajuda do seu aliado, o presidente Abd Rabbuh Mansur al Hadi.

O governo saudita afirmou que com este depósito pretende "aliviar o sofrimento do povo iemenita", ao mesmo tempo que acusou os rebeldes houthis de "manipular" a cotação do riyal, segundo informou a agência oficial saudita "SPA".

O primeiro-ministro iemenita, Ahmed Abid bin Dagar, fez um apelo nesta terça-feira à Arábia Saudita para salvar seu país do colapso "econômico" devido à rápida deterioração da cotação da moeda local nas últimas semanas.

O porta-voz do governo iemenita, Rayeh Badi, acusou ontem os houthis de "saquear" US$ 5 bilhões das reservas do Iêmen de moedas estrangeiras, que encontravam-se no Banco Central em Saná, a capital do país, controlada desde 2014 pelos rebeldes.

Em 2012 a Arábia Saudita já havia repassado US$ 1 bilhão ao Banco Central do Iêmen após a proclamação como presidente de Hadi, que agora está exilado em Riad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos