Bolsas

Câmbio

Principais bolsas latino-americanas abrem com fortes quedas

Bogotá, 6 fev (EFE).- As principais bolsas da América Latina iniciaram esta terça-feira com quedas, apesar de Wall Street conseguir superar nos primeiros minutos da sessão os números vermelhos com os quais abriu, enquanto os mercados na Europa e a Ásia seguem em baixa.

Wall Street abriu com uma queda de 1,85% no Dow Jones Industrial, o seletivo S&P 500 perdia 1,81% e o índice composto do mercado Nasdaq operava em baixa de 1,62%.

Minutos após o início da jornada, a "ressaca" com a qual fechou o mercado nova-iorquino fechou ontem começou a ceder e o Dow Jones Industrial atingiu um avanço de 0,65%, aos 24.504,09 pontos.

O seletivo S&P 500 subia 0,61%, até 2,665 pontos e o índice composto do mercado Nasdaq ganhava 0,69%, até 7.015 unidades.

Na segunda-feira, o Dow Jones Industrial sofreu a maior queda em pontos de toda sua história, 1.175 unidades, muito acima dos 777 que perdeu em 29 de setembro de 2008, em plena crise financeira.

Os analistas atribuíram o desabamento a uma correção do mercado após os avanços registrados nas últimas semanas, já que os três principais indicadores estiveram registrando recordes com frequência, o último deles em 26 de janeiro.

Por outro lado, a Bolsa de São Paulo não conseguiu superar as perdas e iniciou a sessão com uma queda de 0,68% e seu índice Ibovespa ficou situado em 81.303 pontos após os primeiros cinco minutos de operações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) iniciou a primeira jornada da semana com um retrocesso de 2,41%, até 49.179,55 unidades. Na segunda-feira, o mercado não funcionou por ser feriado no país.

Já o índice Merval das ações das empresas líderes que cotam na Bolsa de Comércio de Buenos Aires abriu com uma queda de 3,68%, até 30.000,16 unidades, após fechar ontem em baixa de 4,42%, aos 31.174,16 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos