PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Barril do Brent fecha em forte baixa de 3,04%

25/05/2018 16h22

(Atualiza com mais detalhes).

Londres, 25 mai (EFE).- O barril de petróleo Brent para entrega em julho fechou nesta sexta-feira em forte baixa de 3,04% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 76,44.

O petróleo do Mar do Norte, de referência na Europa, terminou o pregão no International Exchange Futures (ICE) US$ 2,40 abaixo do valor final da sessão de ontem.

A possibilidade de que a Rússia e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidam aumentar sua produção para resistir a uma queda de fornecimento no Irã e na Venezuela arrastou o preço do Brent para baixo hoje, segundo os analistas.

O preço do barril europeu fechou com números vermelhos pelo segundo dia consecutivo, depois que na semana passada chegou a superar o patamar de US$ 80 pela primeira vez desde novembro de 2014.

O anúncio de novas sanções sobre o Irã por parte dos Estados Unidos tinha impulsionado o preço do barril, perante a expectativa que se reduzam as exportações de Teerã.

A queda das extrações na Venezuela, membro da Opep, contribuiu também para a mudança do preço, ao antecipar uma redução da oferta global com relação à demanda.

Nesta semana um aumento inesperado de 5,8 milhões de barris nas reservas americanas começou a frear a escalada do preço, uma tendência que se viu aguçada pelos crescentes rumores entre os analistas sobre possíveis medidas da Rússia e da Opep para controlar a alta.

Segundo o jornal britânico "Financial Times", representantes de Moscou e do cartel liderado pela Arábia Saudita se reunirão em Viena no próximo dia 22 de junho para decidir sobre um aumento da produção de cerca de 1 milhão de barris diários, o que representa cerca de 1% da demanda global.

Essa decisão representaria uma mudança de rumo a respeito das medidas que a Opep e a Rússia combinaram no final de 2016 para limitar sua produção conjunta com o objetivo de impulsionar os preços do barril.