PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,41%

28/06/2018 18h23

Nova York, 28 jun (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em alta de 0,41%, impulsionado pelos setores tecnológico e financeiro.

Ao final do pregão, o Dow Jones somou 98,46 pontos e chegou a 24.216,05. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,62%, até 2.716,31, enquanto o índice composto da Nasdaq avançou 0,79%, para 7.503,68 pontos.

Por setores, um dos maiores avanços, de 1,08%, foi do tecnológico, que tem uma grande capitalização de mercado e esteve sensível nos últimos dias às tensões comerciais entre Estados Unidos e China relacionadas com a propriedade intelectual.

Ainda mais à frente se situou o setor das telecomunicações, com um ganho de 2,29%, e atrás o financeiro e o imobiliário, ambos com altas de 0,86%. A maior baixa foi do setor energético, de 0,12%.

Wall Street abriu em terreno misto, com o S&P 500 e o Nasdaq oscilando entre altas e baixas durante a manhã, enquanto o Dow Jones esteve com números vermelhos até primeira hora da tarde. Os três conseguiram se recuperar, embora tenham perdido impulso meia hora antes do fechamento.

No cenário de fundo do pregão permaneceram os assuntos de política comercial dos EUA e os dados divulgados hoje sobre a economia americana, que cresceu a um ritmo anual de 2% no primeiro trimestre de 2018, dois décimos a menos que o calculado anteriormente pelo governo.

Entre os 30 títulos incluídos no Dow Jones, os lucros foram liderados por Verizon (3,14%), IBM (1,86%), JP Morgan (1,64%), Goldman Sachs (1,47%), Boeing (1,46%) e Cisco (1,44%).

Por outro lado, as baixas foram puxadas por United Health (-1,32%), Wal-Mart (-1,19%), McDonald's (-0,7%) e Chevron (-0,27%).

Além disso, a farmacêutica Walgreens sofreu uma queda de 9,9% após a divulgação da notícia que a Amazon comprará a companhia de venda de produtos farmacêuticos pela internet PillPack.

Essa operação, que será fechada no segundo semestre do ano, também provocou fortes descensos nas farmacêuticas CVS (-6,1%) e Rite Aid (-11,11%), que cotam na Bolsa de Nova York, enquanto a Amazon avançou 2,47% no Nasdaq.

Em outros mercados, a onça do ouro caía para US$ 1.249,80, enquanto o rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos avançava até 2,849%.