PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Barril do Texas fecha em forte baixa de 5,03%

11/07/2018 16h35

Nova York, 11 jul (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quarta-feira em forte baixa de 5,03%, cotado a US$ 70,38, após o anúncio de que a Líbia retomará suas exportações de petróleo e em meio à tensão comercial entre Estados Unidos e China.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em agosto despencaram US$ 3,73 em relação ao pregão de ontem.

A cotação registrada hoje pelo petróleo de referência nos Estados Unidos foi a mais baixa em mais de duas semanas, segundo lembraram meios de comunicação especializados.

Nos EUA, que escalou sua disputa com a China ao anunciar ontem novas tarifas no valor de US$ 200 bilhões, foi divulgado hoje que as reservas de petróleo se reduziram na semana passada em 12,6 milhões de barris, até 405,2 milhões.

Esse número, que representa a queda semanal mais pronunciada deste ano, surpreendeu os analistas do setor, que tinham previsto uma baixa mais moderada, de 4,8 milhões de barris.

Além disso, a Companhia Nacional de Petróleo (NOC) da Líbia anunciou hoje que o chamado Crescente Petroleiro retomará a produção e exportação de petróleo, o que deixa sem efeito o estado de "força maior" que tinha declarado no último dia 2 de julho.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em agosto terminaram o dia a US$ 2,06 o galão, com forte baixa de US$ 0,09, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,04, até US$ 2,83 por cada mil pés cúbicos.