PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Fiat Chrysler anuncia Mike Manley como substituto de Sergio Marchionne

21/07/2018 17h17

Roma, 21 jul (EFE).- O conselho de administração do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) nomeou neste sábado o britânico Mike Manley como novo executivo-chefe, em substituição a Sergio Marchionne, que se afastou por causa de piora do estado de saúde, após complicações em uma cirugia.

De acordo com a FCA, a situação o impede Marchionne, que também era presidente e executivo-chefe da Ferrari, voltar ao trabalho, antecipando assim a saída do grupo, que aconteceria só no próximo ano.

Com isso, "para acelerar o processo de transição", confirme aponta nota, foi realizada uma reunião de emergência, em que Manley foi nomeado. O novo responsável pela Fiat Chrysler Automobiles vinha atuando como executivo-chefe da Jeep.

A nomeação será submetida a voto na próxima assembleia de acionistas, que será convocada nos próximos dias.

Marchionne foi nomeado CEO do grupo da família Agnelli em 2004, em um momento de grave crise, sendo responsável pelo saneamento das contas e também tendo destaque na operação de compra do Chrysler Group. Em 2014, após a saída de Luca di Montezemolo também foi escolhido como presidente de Ferrari.

Com isso, na empresa, que mantém escuderia na Fórmula 1, John Elkann, trineto de Gianni Agnelli, fundador da Fiat, foi nomeado presidente. Além disso, Louis Camilleri foi eleito pelo Conselho de Administração da empresa, como novo executivo-chefe.

O novo CEO da Ferrari tem 63 anos, nasceu no Egito e tem família originária de Malta. Camilleri foi executivo-chefe e presidente na multinacional Philip Morris International, empresa em que começou a trabalhar em 1978.