PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Equipe da AIEA supervisiona preparativos de primeira usina nuclear no Sudão

27/08/2018 16h01

Cartum, 27 ago (EFE).- Uma equipe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) foi nesta segunda-feira a Cartum para supervisionar com as autoridades sudanesas os preparativos para erguer a primeira usina nuclear do Sudão, que será construída em virtude de um acordo assinado com a Rússia em 2017.

Nas reuniões com os representantes da AIEA foram abordados "os preparativos para o estabelecimento da primeira usina nuclear do Sudão", disse Nasser Ahmed al Mustafa, diretor da Administração Geral de Energia Nuclear do Ministério de Eletricidade.

Al Mustafa afirmou que o Sudão está dando "passos firmes" para preparar os trabalhadores sudaneses para produzir energia nuclear e iniciar a infraestrutura necessária para isso, com base nos padrões da AIEA.

Por sua vez, a ministra de Estado de Eletricidade, Tabita Boutros Shukai, destacou que o Sudão é membro da AIEA e "dá atenção à segurança e ao uso pacífico da energia nuclear", além da cooperação com a agência para que a infraestrutura esteja pronta.

Já o chefe do Departamento de Energia Nuclear do AIEA, Dohi Hana, disse que a missão da agência no Sudão tem como objetivo revisar a preparação da infraestrutura para a futura central.

O representante da AIEA destacou que a energia se transformou em um "fator fundamental para o desenvolvimento sustentado e a melhoria da vida das pessoas" e que a energia nuclear é uma aposta "firme".

Em novembro de 2017, o Sudão e a Rússia assinaram na cidade de Sochi um memorando de entendimento para o uso pacífico da energia nuclear, na presença do presidente sudanês, Omar al Bashir, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin.

Um mês depois, a agência atômica da Rússia, Rosatom, conseguiu um acordo com o Sudão para a construção de uma usina nuclear para gerar energia elétrica.