PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Trudeau diz ser possível que Canadá e EUA cheguem a acordo na sexta-feira

29/08/2018 15h24

Toronto, 29 ago (EFE).- O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmou nesta quarta-feira que o Canadá pode chegar a um acordo com os Estados Unidos na sexta-feira para renovar o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta).

Trudeau afirmou durante um ato na cidade canadense de Kapuskasing que, embora o acordo possa ser alcançado na sexta-feira, para fechá-lo seu governo não vai ceder nas questões que considera fundamentais para o país.

"Sabemos que há uma possibilidade de conseguir um bom acordo para o Canadá na sexta-feira. Mas nos mantemos muito firmes em várias coisas que são importantes para os canadenses", destacou Trudeau.

O primeiro-ministro canadense acrescentou também que "é só uma possibilidade".

"Depende de se é um bom acordo. Já disse no passado: é melhor que não haja acordo a que seja um acordo ruim para o Canadá", completou.

A ministra das Relações Exteriores canadense, Chrystia Freeland, se encontra em Washington negociando com o representante de Comércio Exterior dos EUA, Robert Lighthizer.

Freeland afirmou hoje que o Canadá e os Estados Unidos estão enredados em "extremamente intensas" negociações para tentar chegar a um acordo até a próxima sexta-feira.

Na segunda-feira, de forma inesperada, o presidente americano, Donald Trump, anunciou que tinha chegado a um acordo comercial com o México e que agora era a vez do Canadá de somar-se ao acordo antes de sexta-feira, quando está previsto que o texto do tratado comercial seja enviado ao Congresso americano.

As normas do Legislativo americano requerem que os legisladores sejam notificados com uma antecipação de 90 dias sobre as mudanças no tratado comercial para aprová-las.

O objetivo é que o governo em fim de mandato do México, liderado pelo presidente Enrique Peña Nieto, possa assinar o pacto antes de deixar o poder em 1º de dezembro.