PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 0,77%

27/09/2018 17h47

Nova York, 27 set (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em alta de 0,77%, cotado a US$ 72,12 o barril, diante dos temores de uma menor oferta da matéria-prima, que seria causada pela imposição de sanções dos Estados Unidos às exportações iranianas.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em novembro subiram US$ 0,55 em relação ao fechamento do pregão de ontem.

Os analistas apontam que o movimento de hoje recebeu influência da desconfiança que recai sobre o setor, com relação as sanções americanas ao Irã, que entrarão em vigor em novembro e afetará o valor de vários produtos derivados do petróleo.

O temor é que as exportações iranianas se reduzam drasticamente, o que se agrava diante da recusa dos integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) de aumentar a atividade de exploração para compensar a baixa de oferta, conforme pediu o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O secretário de Energia dos EUA, Rick Perry, afirmou também que o país não deverá utilizar as reservas que mantém, com objetivo de reduzir o preço do barril de petróleo.

Os contratos de gasolina com vencimento em outubro caíram dois centavos, para US$ 2,08 o galão, e os de gás natural, com vencimento no mesmo mês, ficaram sete centavos mais caros, cotados a US$ 3,05 por cada mil pés cúbicos.