PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Brasil demora a responder pedidos de informações tributárias internacionais

15/10/2018 11h07

Paris, 15 out (EFE).- O Fórum Global sobre a Transparência Financeira considera que o Brasil cumpre amplamente com os padrões internacionais, mas demora a responder aos pedidos de informações tributárias feitos por seus parceiros internacionais.

O Brasil foi um dos sete países cujos relatórios de revisão foram publicados nesta segunda-feira pelo Fórum Global para avaliar se respeitam as regras para a troca de informações tributárias sob demanda.

O Fórum Global, vinculado à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), estimou que Bahrein e Singapura cumprem totalmente com as regras quando são solicitados por outros países, enquanto Áustria, Aruba, Brasil, São Cristóvão e Nevis e o Reino Unido o fazem "majoritariamente".

No caso do Brasil, os autores do relatório se queixaram que durante os três anos do período de supervisão, entre outubro de 2014 e setembro de 2017, o país "continuou apresentando atrasos ao responder às demandas".

Isso tem a ver "principalmente" com questões de pessoal na autoridade tributária, e por isso recomendou medidas para garantir que todas as solicitações sejam atendidas nos prazos.

Por outro lado, Omã foi incorporado como novo membro do Fórum Global, que agora conta no total com 154 integrantes comprometidos a cooperar no combate à evasão de divisas.