PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Barril do Texas fecha em forte baixa de 6,64%

20/11/2018 19h04

Nova York, 20 nov (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em alta de 0,5% nesta terça-feira, cotado a US$ 53,43, o menor valor desde outubro de 2017, devido aos temores de uma queda na demanda provocado pela desaceleração da economia mundial e pelo aumento da produção em nível global.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em dezembro caíram US$ 3,37 em relação ao valor de fechamento da última segunda-feira.

A queda do petróleo coincide mais uma vez com um dia negativo nos principais índices da Bolsa de Valores de Nova York. Analistas acreditam que a desvalorização ocorre devido à preocupação do mercado quanto à possibilidade de uma superoferta em 2019.

Espera-se que os países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Rússia e outros grandes produtores entrem em um acordo na próxima semana para reduzir o ritmo das extrações e prevenir uma queda ainda maior nos preços do barril.

As cotações do Texas também foram afetadas pelas declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que defendeu a Arábia Saudita no assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi na embaixada do país na Turquia.

Também hoje, os contratos de gasolina com vencimento em dezembro caíram nove centavos, para US$ 1,49 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês recuaram 18 centavos, para US$ 4,52 por cada mil pés cúbicos.