PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Versão chinesa do GPS dá início a operações mundiais

27/12/2018 08h10

Pequim, 27 dez (EFE).- BeiDou, a versão chinesa do sistema de geolocalização americano GPS, começou a oferecer serviços em nível global nesta quinta-feira, segundo anunciou o Escritório de Navegação por Satélite da China.

A construção do sistema para a rede de satélites de terceira geração BeiDou foi concluída, o que já permite oferecer serviços precisos de posicionamento, navegação e horário em nível mundial, explicou em entrevista coletiva o diretor do departamento, Ran Chengqi, citado pelo jornal oficial "China Daily".

"Isto marca a entrada de BeiDou em uma 'era global' depois de sua 'era regional'", acrescentou Ran.

O sistema estava em funcionamento na China e em partes da região Ásia-Pacífico desde dezembro de 2012. Nessas áreas a plataforma conta com uma margem de precisão de cinco metros, enquanto em nível mundial esse número aumenta para dez metros.

Atualmente, a China conta com 33 satélites BeiDou em funcionamento: 18 da terceira geração e 15 da segunda. O governo ainda pretende lançar outros 11 satélites de terceira geração e um de segunda.

A China começou a construir o seu próprio sistema de navegação por satélite em 2000 para acabar com a dependência do GPS. BeiDou é o nome que os astrônomos chineses da antiguidade deram às sete estrelas mais brilhantes da constelação de Ursa Maior.

BeiDou é um dos quatro projetos espaciais de redes de navegação, junto ao GPS; ao Galileo, da União Europeia; e ao GLONASS, da Rússia. EFE