PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Barril do Texas fecha em baixa de 2,1%

14/01/2019 20h03

Nova York, 14 jan (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em baixa de 2,1%, cotado em US$ 50,51 o barril, uma queda motivada pelos indícios de arrefecimento na economia da China, o segundo maior consumidor mundial, indicando uma possibilidade de excesso de oferta.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em fevereiro caíram US$ 1,08 em relação ao valor de fechamento do último pregão.

Esta é a segunda jornada com baixas após nove pregões de alta para o petróleo de referência nos Estados Unidos, com os últimos dados da balança comercial da China gerando tensão nos investidores.

Os dados de importações e exportações foram piores do que os mercados esperavam e podem indicar um arrefecimento do crescimento econômico no segundo principal importador de petróleo do mundo, o que poderia gerar uma diminuição da demanda.

Ainda é preciso levar em conta a preocupação com a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo, EUA e China, assim como a paralisação do governo americano pela falta de acordo entre republicanos e democratas por causa da construção do muro na fronteira com o México.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento em fevereiro caíram US$ 0,04 e fecharam em US$ 1,36 o galão, enquanto os de gás natural, com vencimento no mesmo mês, subiram US$ 0,50, para US$ 3,59 por cada mil pés cúbicos. EFE