PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 1,77%

30/01/2019 20h41

Nova York, 30 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em alta de 1,77% em um pregão influenciado pela decisão do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, de manter o patamar dos juros básicos no país.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 434,90 pontos e chegou a 25.014,86. O seletivo S&P 500 avançou 1,55%, para 2.681,05, e o Nasdaq Composite subiu 2,20% e fechou aos 7.183,08.

O bom humor dos investidores já era claro pouco antes de soar o sino de abertura do pregão em Wall Street, quando o Fed anunciou que a economia dos EUA continua mostrando "solidez", e por isso será "paciente" com o ajuste monetário.

O Fed manteve os juros na categoria de 2,25% a 2,5%, e o presidente da entidade, Jerome Powell, afirmou que o argumento para aumentá-los se enfraqueceu.

Após os quatro aumentos realizados em 2018, analistas do mercado preveem mais dois neste ano, um a menos que o previsto no final do ano passado.

Outro fator visto positivamente pelos investidores foram os resultados do último trimestre de 2018 da Boeing, que superaram as expectativas e levaram as ações da companhia a subirem 6,25%, uma das principais altas do dia no Dow Jones, junto com as de Apple (6,83%), Microsoft (3,34%), Caterpillar (2,83%) e Intel (2,15%). As únicas quedas foram dos papéis de Walmart (-1,97%), Walt Disney (-0,69%) e McDonald's (-0,22%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.324,30, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em dez anos caía para 2,683%. EFE