PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Reportagem da "Rede Record" ganha prêmio Rei da Espanha de Televisão

31/01/2019 15h36

Madri, 31 jan (EFE).- O júri dos Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha concedeu nesta quinta-feira o prêmio na categoria Televisão ao jornalista Marcelo Magalhães e equipe pela reportagem "Piratas da Amazônia", transmitida pela "Rede Record" no dia 1º de março do ano passado.

Os membros do júri avaliaram a qualidade "extraordinária" e a estrutura "excelente" de um trabalho bastante jornalístico e "louvável", de acordo com o registro oficial. Além disso, destacaram a dificuldade de obter os depoimentos em vídeo e a fotografia "extraordinária, muito atenta aos detalhes, com planos muito expressivos".

"A edição de som deixa a reportagem muito atrativa. Baseada no som ambiente, a música e os efeitos sonoros. A edição e a pós-produção dão ao trabalho uma grande uniformidade", enfatizou o júri.

A matéria investigativa apresenta detalhes "inéditos" sobre o sequestro de um casal de americanos na Amazônia, em 2017, que ganhou repercussão no mundo todo, e mostra como os grupos de piratas impõem medo aos habitantes da região.

Entrevistados pelo programa, Adam e Emily Harteau revelaram que ela foi violentada por um pirata quando a balsa onde estavam com as filhas pequenas foi atacada.

Eles estavam de férias e foram atacados na região de Breves, no estado do Pará.

Marcelo Magalhães, que já conquistou o prêmio Rei da Espanha em 2016 por uma reportagem de TV sobre a exploração sexual de mulheres, é editor do Núcleo de Reportagens Especiais da "Record" em São Paulo desde julho de 2014.

Durante dois anos, entre 2012 a 2014, foi editor-chefe do "RedeTV News", principal telejornal da "RedeTV". Cobriu os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012 como repórter e apresentador dos jornais "RedeTV Esporte" e "RedeTV News".

Ele também trabalhou como editor de texto de programas locais e nacionais da "Rede Globo" entre 2003 e 2009.

Marcelo Magalhães é graduado em Jornalismo e tem uma pós-graduação em Gestão Estratégica da Comunicação, ambas pela PUC-MG. O jornalista já ganhou vários prêmios de jornalismo.

O prêmio para reportagem de Televisão é de 6 mil euros e uma escultura de bronze do artista Joaquín Vaquero Turcios.

Os Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha são oferecidos pela Agencia Efe e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), com o patrocínio do Grupo Suez.

O júri é liderado pelo presidente da Efe, Fernando Garea, e formado por jornalistas espanhóis e de outras nacionalidades. EFE