PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cade dá sinal verde para OPA da LetterOne sobre rede DIA

25/02/2019 11h55

Madri, 25 fev (EFE).- A oferta pública de aquisição (OPA) lançada sobre a rede DIA pela sociedade LetterOne recebeu sinal verde das autoridades da Concorrência do Brasil, que deveriam se pronunciar sobre a operação, já que a companhia tem atividades no país.

Em comunicado, a LetterOne - propriedade do magnata russo Mikhail Fridman e principal acionista da companhia com 29% de capital - lembrou que o sinal verde do Conselho Administrativo de Defesa Econômica do Brasil (CADE) - um dos países onde o DIA opera, junto com Espanha, Portugal e Argentina - é uma condição imprescindível para que a OPA possa prosperar.

Outro requisito é obter a autorização correspondente por parte da Comissão Europeia (CE), ainda pendente de resolução.

Brasil e Argentina são responsáveis por aproximadamente 30% do faturamento da companhia.

A OPA de Fridman por 100% da rede espanhola de supermercados propõe um pagamento de 67 centavos por ação aos acionistas, que se reunirão em 20 de março.

Os acionistas deverão escolher entre a ampliação de capital sugerida pelo Conselho Administrativo da DIA, de 600 milhões de euros, e a oferta do multimilionário russo, que inclui uma recapitalização posterior no valor de 500 milhões de euros. EFE