IPCA
0.13 Mai.2019
Topo

Santander lança fintech que promete eliminar intermediários

2019-03-14T16:16:00

14/03/2019 16h16

São Paulo, 14 mar (EFE).- O banco Santander lançou nesta quinta-feira sua nova plataforma de investimentos, a Pi, cuja maior promessa é fugir da rigidez das corretoras tradicionais e eliminar os agentes que intermediam a relação entre o cliente e o produto financeiro.

"Queremos aliar a robustez de um grande banco com a agilidade e a inovação de uma fintech ((empresa de tecnologia que oferece produtos financeiros)", disse o CEO da Pi, Felipe Bottino.

Normalmente, as taxas dos fundos de administração são divididas entre o gestor, o agente autônomo e a própria corretora. No caso da Pi, a ideia é extinguir esse agente autônomo, potencializando os ganhos do investidor.

A Pi funcionará como uma empresa com administração independente do Santander, fazendo parte do que o banco, que detém 100% das ações da financeira, chama de seu "ecossistema".

Os clientes da Pi, independentemente de serem clientes Santander, poderão acessar produtos financeiros de diversas instituições, com aplicação mínima de R$ 50,00.

A princípio, a fintech oferecerá produtos de renda fixa (CDB, LCI, LCA), mas posteriormente trabalhará com fundos de investimento, Tesouro Direto e renda variável.

O investidor poderá optar por duas modalidades de aplicação: a personalizada, em que escolhe os produtos financeiros que deseja, ou a indicada pela Pi, em que as carteiras são montadas e administradas por especialistas do setor financeiro, que tradicionalmente movimentam apenas grandes fortunas. EFE

Mais Economia