PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,84%

21/03/2019 17h58

Nova York, 21 mar (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em alta de 0,84%, a maior em um mês, graças a um bom desempenho dos títulos de empresas do setor de tecnologia, especialmente os da Apple.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 216,84 pontos e chegou a 25.962,51. Já o seletivo S&P 500 subiu 1,09%, até 2.854,88, enquanto o índice composto da Nasdaq avançou 1,42%, para 7.838,96 pontos.

As empresas de tecnologia foram as grandes protagonistas do pregão, acumulando em conjunto uma alta de 2,47% e liderando o mercado na frente de outros setores como o imobiliário (1,79%) e o de bens de consumo não essencial (1,32%).

Entre as 30 empresas que cotam no Dow Jones, os maiores lucros foram da Apple, que avançou 3,86%, enquanto os investidores seguem na expectativa pela apresentação de novos produtos que deve acontecer na próxima semana.

Outras tecnológicas viveram também uma jornada positiva, incluindo gigantes do setor como Microsoft (2,30%), Intel (1,52%), Amazon (1,22%) e IBM (1,32%).

Por outro lado, o único setor que terminou o dia com números vermelhos foi o financeiro, com perdas de 0,30%, em meio a uma queda no rendimento dos bônus públicos, que tocaram níveis mínimos não vistos em 14 meses após o anúncio do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) de que não haverá mais altas de juros durante este ano.

O banco JP Morgan Chase sofreu a maior queda dentro do Dow Jones (-1,58%), seguido por Walt Disney (-1,21%) e Boeing (-0,92%).

A nota curiosa desta quinta-feira ficou por conta da Levi Strauss, que comemorou seu retorno à bolsa vestindo os operadores do pregão nova-iorquino com seus famosos jeans.

Após mais de 34 anos fora de Wall Street, a empresa viu seus títulos dispararam quase 32% em relação ao preço de saída.

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.308,8, enquanto a rentabilidade do bônus do Tesouro a 10 anos terminou o pregão em 2,537%. EFE