PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

FMI rebaixará previsão de crescimento global por perda de ímpeto na economia

02/04/2019 13h17

Washington, 2 abr (EFE).- A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou nesta terça-feira que a economia mundial continuou perdendo "ímpeto" no primeiro trimestre do ano, por isso as perspectivas globais ficarão abaixo dos 3,5% estimados para este ano.

"Em janeiro, o FMI projetou um crescimento mundial para 2019 e 2020 de cerca de 3,5%, abaixo do que vimos nos últimos tempos. Desde então, o crescimento continuou perdendo ímpeto", explicou Lagarde em discurso na Câmara de Comércio dos Estados Unidos

"Há apenas dois anos, 75% da economia mundial experimentou um crescimento. Neste ano, prevemos que 70% da economia mundial passará por uma desaceleração", ressaltou a diretora-gerente do FMI, uma semana antes de o órgão publicar as novas previsões globais durante a assembleia conjunta com o Banco Mundial (BM) em Washington.

Como causas deste arrefecimento global, Lagarde apontou "o aumento das tensões comerciais e o endurecimento das condições financeiras no segundo semestre de 2018".

Especificamente, a diretora-gerente se referiu à disputa comercial entre Estados Unidos e China, desencadeada pela agressiva agenda protecionista lançada pelo presidente americano, Donald Trump, e que provocou o aumento das tarifas sobre centenas de produtos chineses e represálias similares por parte de Pequim.

"Sabemos que as barreiras comerciais não são a resposta. Estas são feridas que podem se autoinfligir e devem ser evitadas", disse.

Como exemplo, segundo os cálculos do FMI, Lagarde disse que se as tarifas a todos os bens comercializados por EUA e China aumentassem 25%, o PIB anual cairia 0,6% nos EUA e 1,5% na China.

O FMI e o BM realizarão uma reunião na próxima semana em Washington com os principais líderes econômicos de seus 189 países-membros, na qual analisarão os desafios e as ameaças mundiais. EFE

PUBLICIDADE