PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 0,4%

10/12/2019 18h21

Nova York, 10 dez (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou nesta terça-feira em alta de 0,4%, cotado a US$ 59,22 o barril, o que os analistas atribuem aos cortes de oferta decretados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em janeiro subiram US$ 0,22 em relação ao valor desta segunda-feira.

O preço do petróleo subiu nesta terça após o acordo da Opep com os produtores membros na semana passada para aprofundar os cortes de produção em 2020, o que está permitindo que os preços se fortaleçam, segundo os analistas, embora as tensões comerciais entre os EUA e a China continuem preocupantes.

Na semana passada, a Organização e produtores associados, como a Rússia, concordaram em aprofundar os cortes de produção de 1,2 milhão de barris por dia para 1,7 milhões bpd para apoiar os preços. No entanto, o prazo para a próxima rodada de tarifas americanas sobre as importações chinesas, marcado para o próximo domingo, pesou sobre os mercados.

Além disso, a taxa de crescimento das importações de commodities da China tem se acelerado nos últimos meses, indicando que os esforços de estímulo de Pequim podem estar dando frutos e que o impacto de uma guerra comercial pode não ser tão ruim quanto se temia.

Já os contratos de futuros de gasolina com vencimento em janeiro se mantiveram estáveis, para US$ 1,65 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram 3 centavos, para US$ 2,26 por cada mil pés cúbicos. EFE