PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Japão aprova uso de antiviral Remdesivir contra Covid-19

07/05/2020 15h00

Tóquio, 7 mai (EFE).- O governo do Japão aprovou nesta quinta-feira o uso emergencial do antiviral Remdesivir para tratamento para pacientes com Covid-19, depois que o medicamento também ter recebido sinal verde nos Estados Unidos na semana passada.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar japonês aprovou o uso do medicamento, após uma reunião hoje com um painel de especialistas, de acordo com a emissora estatal japonesa "NHK".

Poucas horas antes desta reunião, o ministro-porta-voz do governo, Yoshihide Suga, declarou em entrevista coletiva a intenção de que o medicamento fosse aprovado "o mais rápido possível".

O medicamento patenteado pela empresa farmacêutica americana Gilead é o primeiro a obter permissão necessária das autoridades japonesas como tratamento para pacientes infectados com o novo coronavírus.

No Japão, no entanto, o antiviral Favipiravir, da farmacêutica Fujifilm Toyama Chemical, originalmente desenvolvido para combater a gripe, já está sendo usado experimentalmente, e a aprovação para uso emergencial também é esperada ainda este mês.

Administrado por via intravenosa e usado em pacientes com sintomas mais graves de Covid-19, o Remdesivir recebeu "autorização de emergência" do governo dos EUA após um recente teste clínico mostrando que a droga reduziu o tempo de recuperação de alguns pacientes.

Apesar das altas expectativas que este medicamento originalmente desenvolvido para tratar o Ebola havia gerado como um potencial tratamento contra a Covid-19, outros estudos indicam que sua eficácia contra o novo coronavírus não é clara.

A autorização para uso no Japão foi concedida através do procedimento acelerado, usado quando um medicamento já tenha sido aprovado pelas autoridades de saúde de outro país.

No Japão, ocorreram cerca de 16 mil infecções pelo novo coronavírus e 590 mortes, de acordo com os dados mais recentes fornecidos pelas autoridades locais. EFE

ahg/phg

Economia