PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Morre aos 87 anos magnata Sheldon Adelson, doador do Partido Republicano

12/01/2021 18h56

Washington, 12 jan (EFE).- O empresário Sheldon Adelson, um magnata dos cassinos e um dos mais influentes doadores do Partido Republicano dos Estados Unidos, morreu nesta segunda-feira de complicações relacionadas a um câncer aos 87 anos de idade, informou nesta terça uma de suas empresas, a Las Vegas Sands.

Filho de um taxista, Adelson construiu um império mundial de jogos com cassinos em Macau, Cingapura e Las Vegas. Já foi considerado um dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna de cerca de US$ 40 bilhões.

"Seu impacto na indústria durará para sempre. Ele transformou a indústria, mudou a trajetória da empresa que fundou e reimaginou o turismo", declarou em comunicado a Las Vegas Sands, que emprega mais de 50 mil pessoas.

O empresário foi um dos primeiros grandes doadores americanos a apoiar a candidatura de 2016 de Donald Trump, do qual era amigo próximo, e sua influência no movimento conservador se espalhou ao longo dos anos.

Uma de suas principais causas foi a defesa de Israel, e em 2018 foi a cerimônia de abertura da nova embaixada dos EUA em Jerusalém, promovida por Trump, entre os principais convidados.

O cassino The Venetian, em Las Vegas, ficará como um dos grandes expoentes do conceito de Adelson de combinar jogos e turismo: um centro de conferências, hotel e jogos em Las Vegas Strip, decorado no estilo veneziano, repleto de restaurantes ao longo de canais e monumentos de papel machê.

Nascido em Boston em 1933, o magnata iniciou a vida profissional vendendo jornais. Foi proprietário do "Las Vegas Review-Journal", o único grande jornal a endossar a candidatura de Trump em 2016.