PUBLICIDADE
IPCA
+0,31 Abr.2021
Topo

França anuncia suspensão imediata de voos vindos do Brasil

13/04/2021 15h59

Paris, 13 abr (EFE).- O governo da França anunciou nesta terça-feira a suspensão dos voos vindos do Brasil para tentar impedir a expansão da cepa brasileira do novo coronavírus.

"Decidimos suspender até nova ordem todos os voos entre Brasil e França", anunciou o primeiro-ministro, Jean Castex, em debate na Assembleia Nacional sobre medidas de controle sanitário.

A medida deve ser aprovada pela Assembleia e Senado antes de entrar em vigor amanhã, e seu anúncio representa uma mudança de opinião do governo francês, que até o momento era contrário à suspensão das ligações aéreas.

"A situação no Brasil é absolutamente dramática e o perigo da variante em questão nos coloca dificuldades reais", garantiu Castex aos deputados, antes de acrescentar que "a situação está piorando" naquele país.

Durante vários dias, importantes autoridades médicas e deputados da oposição alertaram sobre o perigo crescente da mutação brasileira do vírus e solicitaram que fossem tomadas medidas a esse respeito para impedir sua propagação na França.

Entre eles, o Dr. Remi Salomon, presidente da comissão médica da Associação Pública de Hospitais de Paris, alertando que a cepa brasileira é "provavelmente mais resistente às vacinas e mais contagiosa do que a cepa inicial", ao mesmo tempo em que defendeu como única solução para prevenir sua propagação era "suspender voos com o Brasil".

Atualmente, todos os passageiros que chegam do Brasil devem apresentar uma razão de extrema necessidade que justifique sua viagem, além de um teste PCR negativo realizado nas últimas 72 horas e precisam também fazer um exame de antígeno quando chegar ao aeroporto francês.

Depois disso, devem ficar isolados por um período de dez dias, embora não exista um mecanismo de controle para verificar o cumprimento desta medida.

Por enquanto, a variante brasileira representa apenas 0,4% das infecções na França, bem abaixo dos quase 4% da sul-africana e 82% da britânica, segundo dados oficiais.