Bolsas

Câmbio

Kuroda, do BoJ, evita falar sobre possível novo mandato após reunião com Abe

Tóquio

O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, evitou responder se sua continuidade à frente do BC japonês foi discutida hoje em reunião com o primeiro-ministro Shinzo Abe.

"Não estou numa posição de falar sobre meu mandato", disse Kuroda, em resposta a uma pergunta sobre se ele havia discutido com Abe a possibilidade de um segundo mandato no BoJ.

O mandato atual de Kuroda, de cinco ano, vence em abril de 2018.

Ontem, em evento realizado pelo The Wall Street Journal em Tóquio, Kuroda defendeu seu legado e demonstrou confiança na capacidade do BoJ de reverter sua agressiva política de estímulos monetários sem dificuldades no futuro, mesmo que ele não esteja mais no comando.

Kuroda tem reuniões frequentes com Abe para discutir sobre a economia japonesa.

"Não houve nenhum pedido especial do primeiro-ministro em relação à política monetária", disse Kuroda, acrescentando ter dito a Abe que o BoJ manterá sua política acomodatícia, uma vez que a inflação do Japão continua muito abaixo da meta oficial de 2%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos