Mobilização da construção civil pelas reformas é adiada por motivo de segurança

Adriana Fernandes

Brasília

A mobilização dos empresários da construção civil pela continuidade das reformas, organizada pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), no Congresso Nacional, foi adiada por motivos de segurança. Os dirigentes do setor tinham audiências marcadas nesta quarta-feira, 24, com os presidentes das Casas do Congresso Nacional e a presidência da República. Mas, em razão da realização de protestos na capital federal, as conversas foram remarcadas.

Dirigentes e empresários do setor serão recebidos pelo presidente da República, Michel Temer, nesta quinta, às 9h30. Os empresários estão em Brasília para a abertura do Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), marcada para as 19h30.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos