Bolsas

Câmbio

BCE quer ver sinais de alta durável na inflação, diz Smets

Bruxelas

06/2017 - O Banco Central Europeu (BCE) está em busca de sinais de uma alta durável das taxas de inflação na região para determinar se é ou não hora de começar a retirar os enormes estímulos monetários adotados, afirmou hoje Jan Smets, presidente do BC da Bélgica e membro do conselho de governadores da instituição.

"Esta é a coisa mais importante que precisamos observar", afirmou o dirigente durante uma apresentação em Bruxelas. "Ela precisa ser persistente e consistente mesmo sem a perspectiva de acomodação monetária".

Nos últimos meses, uma recuperação mais notável do bloco fez as vozes pedindo a retirada dos estímulos se multiplicarem, particularmente na Alemanha. Até o momento, no entanto, esses pedidos tiveram acolhida distante na instituição liderada por Mario Draghi.

"As condições econômicas melhoraram bastante... agora podemos dizer que os riscos estão equilibrados", afirmou Smets, ponderando, no entanto, que esse impulso ainda não se traduziu em um mercado de trabalho ou pressões de salários mais aquecidos, dois fatores que induzem uma inflação durável. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos