Correção: IED na China recua pelo segundo mês seguido em maio

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. O valor do IED em dólares estava errado, no primeiro parágrafo. Segue o texto corrigido:

O investimento estrangeiro direto (IED) na China registrou queda pelo segundo mês consecutivo em maio, em uma mostra dos desafios que Pequim enfrenta para atrair negócios do exterior, segundo dados oficiais divulgados nesta quinta-feira. A China atraiu 54,67 bilhões de yuans (US$ 8,05 bilhões) em investimento estrangeiro direto no mês passado, informou o Ministério do Comércio, uma queda de 3,7% ante igual mês de 2016.

Em abril, a queda na comparação anual havia sido de 4,3%, em termos de yuans.

O investimento estrangeiro direto na China teve baixa de 0,7% entre janeiro e maio, na comparação com igual período do ano passado, para 341,08 bilhões de yuans.

O Ministério do Comércio não divulgou os números em dólares relativos a maio. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos