Bolsas

Câmbio

Caiado falta a sessão da CAS por desconforto com reforma trabalhista

Julia Lindner, Fernando Nakagawa e Isabela Bonfim

Brasília

O líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), foi um dos senadores governistas que faltaram à sessão da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), nesta terça-feira, 20. Ele acabou substituído pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), que votou a favor da reforma trabalhista. Apesar da ausência de Caiado não ter interferido no resultado final, ele sinalizou que está desconfortável com a proposta defendida pelo governo Michel Temer.

Caiado disse a aliados que não concorda com a ideia de que os senadores devem apenas "chancelar" a proposta que veio da Câmara sem nenhuma modificação. Ele também não gostou da possibilidade de o governo editar posteriormente uma Medida Provisória (MP) para fazer mudanças no texto, entre elas um possível recuo sobre a extinção da contribuição sindical, deixando o ônus da aprovação do texto original para os parlamentares.

Oficialmente, Caiado afirmou que se ausentou para priorizar questões médicas.

Questionado se teria votado a favor da reforma, o senador disse que só vai se manifestar no plenário. A expectativa do governo é de que, após passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o projeto seja votado no plenário no dia 28 de junho. O governo conta com 46 votos pela aprovação, apenas cinco a mais do que o mínimo necessário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos