FGV: IPC-S fica em -0,18% na 1ª quadrissemana de julho ante -0,32% na anterior

Thaís Barcellos

São Paulo

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na primeira quadrissemana de julho na comparação com a última de junho, embora ainda tenha permanecido no campo negativo. A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou, nesta segunda-feira, 10, que o indicador subiu 0,14 ponto porcentual, de -0,32% para -0,18%. A divulgação no site da instituição, que normalmente ocorre às 8 horas, teve um atraso de cerca de sete minutos.

Cinco das oito classes de despesas analisadas apresentaram acréscimo nas taxas de variação nesta medição: Habitação (-0,74% para -0,29%), Alimentação (-0,71% para -0,44%), Transportes (-0,53% para -0,51%), Educação, Leitura e Recreação (0,21% para 0,25%) e Comunicação (-0,10% para -0,06%).

Em contrapartida, três grupos registraram decréscimo nas taxas entre a última quadrissemana de junho e a primeira de julho: Saúde e Cuidados Pessoais (0,52% para 0,32%), Vestuário (0,86% para 0,51%) e Despesas Diversas (0,31% para 0,24%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos