Bolsas

Câmbio

Base monetária da China tem alta anual de 9,4% em junho, a menor já registrada

AE

Xangai

O crescimento da base monetária (M2) na China desacelerou em junho para o menor nível já registrado, informou o governo local. A expansão do indicador foi de 9,6% no final de maio, na comparação com igual mês de 2016, para 9,4% em junho, na mesma base de análise.

O resultado ficou abaixo da expectativa de 9,6% de economistas consultados pelo Wall Street Journal. Esta é a segunda vez que o número fica abaixo dos dois dígitos desde que o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) começou a publicar as informações, em 1986, de acordo com dados da Wind Information.

O BC chinês informou também que o volume de empréstimos em junho chegou a 1,57 trilhão de yuans, ante 1,11 trilhão de yuans registrados em maio. A previsão dos analistas era que alta menor, para 1,3 trilhão de yuans.

O financiamento social total (TSF, na sigla em inglês), uma medida mais ampla de crédito na economia, passou de 1,06 trilhão de yuans em maio para 1,78 trilhão de yuans em junho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos