Bolsas

Câmbio

Vice do BoE cita perspectiva incerta para se opor a elevação de juro básico

Londres

O vice-presidente do Banco da Inglaterra, Ben Broadbent, afirmou não estar preparado ainda para votar a favor da taxa de juro básica, em meio às muitas incertezas que rondam a perspectiva econômica do Reino Unido.

Em entrevista ao jornal escocês The Press and Journal, publicada hoje, Broadbent avalia que as empresas parecem incertas quanto ao seu futuro antes do chamado "Brexit", ou seja, a planejada saída do Reino Unido da União Europeia, embora o crescimento esteja "bom".

"Na minha opinião, é um pouco complicado no momento tomar uma decisão (de elevar juros)", disse Broadbent. "Não estou pronto para isso ainda."

A última vez em que o BoE ajustou juros foi em agosto de 2016, quando a taxa básica foi reduzida para a mínima histórica de 0,25%, pouco tempo depois de a proposta do Brexit ser aprovada em um plebiscito.

Desde então, a libra esterlina se desvalorizou, impulsionando os preços das importações e gerando inflação. Alguns dirigentes de política monetária do BoE acreditam que já chegou o momento de voltar a elevar juros.

Na reunião de junho do BoE, três dos oito dirigentes do BC inglês votaram pelo aumento do juro básico e o economista-chefe da instituição, Andrew Haldane, indicou posteriormente que poderá logo se juntar ao grupo que defende o aperto da política monetária. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos