PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Fabricantes de eletroeletrônicos têm produção afetada por greve

Eduardo Laguna

São Paulo

25/05/2018 17h35

Consulta realizada pela Abinee, entidade que representa a indústria de produtos elétricos e eletrônicos, com associados mostra que quase todos associados (96%) tiveram as atividades afetadas de alguma forma pela paralisação dos caminhoneiros.

As empresas relataram à associação atrasos nas entregas de seus produtos, bem como dificuldades no recebimento de peças, o que paralisou diversas fábricas de eletroeletrônicos.

Caso a greve se prolongue, as empresas, segundo a Abinee, pretendem adotar medidas que vão da dispensa temporária dos funcionários a férias coletivas e, no limite, suspensão das atividades. Mais de 80% dos associados consultados pela Abinee disseram, no entanto, que ainda não é possível avaliar o impacto das perdas causadas pela greve dos caminhoneiros.

A Abinee critica ainda a saída do governo de cobrir a desoneração do diesel com a reoneração da folha de pagamento das empresas, medida que, segundo a associação, "acarretará perda de competitividade do setor industrial".