PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Contrariando UE, Itália volta a defender déficit de 2,4% do PIB em 2019

Monique Heeman

São Paulo

23/10/2018 17h55

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, escreveu em sua conta no Facebook, após a decisão da Comissão Europeia de pedir que o país reformule seu orçamento para o ano fiscal de 2019, que "vamos seguir em frente, convencidos de que nosso caminho é o certo: a relação déficit-PIB de 2,4% não será afetada".

Ele usou seu perfil na rede social para dizer ainda que a decisão da Comissão Europeia "não é surpreendente", porque a Itália pela primeira vez "abandona o caminho da austeridade e abraça o caminho do crescimento".

O primeiro-ministro escreveu também que o governo vai avaliar as observações do órgão do Executivo europeu e está "pronto para continuar um confronto franco e direto nas próximas semanas", além de reforçar que "a Europa é a nossa casa e o euro é a nossa moeda".