IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Agricultura terá programa para erradicação do vírus clássico da peste suína

Nayara Figueiredo

São Paulo

29/03/2019 13h36

O Ministério da Agricultura lançará, até junho, um programa para erradicar no Brasil a peste suína clássica. Ao contrário do resto do Brasil, parte do Nordeste e da região Norte não são consideradas áreas livres da doença.

Na última terça-feira, 26, foi publicado no Diário Oficial da União a Portaria nº 40, que constituiu um grupo de trabalho com o objetivo de elaborar a proposta do Plano Estratégico para a Erradicação da Peste Suína Clássica (PSC) dos Estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima.

"O grupo de trabalho terá de apresentar até junho um documento final contendo as diretrizes do plano a ser executado nos 11 estados, pois pretendemos erradicar esta enfermidade do território nacional. Será um programa de vários anos, assim como o de febre aftosa", disse o secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal, em nota.

Segundo ele, as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e alguns Estados nordestinos como a Bahia e Sergipe já são considerados áreas livres de PSC. Barreiras de fiscalização são montadas nas divisas dos Estados para impedir o trânsito de animais.

"A erradicação da peste suína clássica é muito importante, porque a introdução do vírus na área livre da doença teria o efeito de cancelar a certificação obtida pelo País e, com isso, paralisar as exportações brasileiras de suínos", avalia o ministério.

Mais Economia