PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Produção de SP sobe 0,6% no 1º tri ante 4º tri e destoa da média nacional

Vinicius Neder

Rio

08/05/2019 10h38

Mesmo com a queda de 1,3% em março ante fevereiro, a produção industrial de São Paulo, principal parque fabril do País, fechou o primeiro trimestre com alta de 0,6% em relação do quarto trimestre de 2018, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta quarta-feira, 8, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A indústria paulista no primeiro trimestre ficou na contramão da média nacional, que caiu 0,7% no primeiro trimestre ante o quarto trimestre de 2018, como informou o IBGE na semana passada, sinalizando para o peso do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG).

Para André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE, o comportamento dissonante pode ser explicado pela indústria extrativa.

Como São Paulo tem pouca atividade industrial relacionada ao segmento, não sentiu os efeitos diretos das paradas de produção de minério de ferro provocadas pelo rompimento da barragem de rejeitos da Vale na cidade próxima a Belo Horizonte, ocorrido em janeiro.

"Em São Paulo não tem extrativa", afirmou Macedo.

Para o pesquisador, a diferença de comportamento da indústria paulista para a nacional no primeiro trimestre demonstra o peso que o rompimento da Barragem em Brumadinho teve sobre a atividade industrial como um todo.