PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

SP ganhará voo direto para Malvinas, e governo da ilha comemora

Praia em Gypsy Cove, nas ilhas Falkland (Malvinas) - Cheryl Ramalho/Getty Images/iStockphoto
Praia em Gypsy Cove, nas ilhas Falkland (Malvinas)
Imagem: Cheryl Ramalho/Getty Images/iStockphoto

Fernando Nakagawa

São Paulo

05/07/2019 14h17

A cidade de São Paulo ganhará um novo voo direto para as ilhas Malvinas (ou Falkland, para os ingleses), território britânico no Atlântico Sul. O anúncio foi feito nesta manhã de sexta-feira (5) em tom de comemoração pelo governo da ilha que já foi alvo de guerra entre o Reino Unido e a Argentina. Em nota, o governo local classificou como "um dia histórico" para a ilha que atualmente só conta com um voo comercial para Santiago, no Chile.

A nova rota será operada semanalmente pela Latam Brasil entre Guarulhos, em São Paulo, e o aeroporto de Mount Pleasant, nos arredores da capital da ilha, Stanley.

O governo da ilha diz que a nova rota para o Brasil vai apoiar o crescimento econômico local com resultados significativos na indústria do turismo. Por outro lado, o documento destaca que o voo para São Paulo vai permitir aos moradores da ilha melhores conexões para a Europa e América do Norte ao lembrar que o aeroporto paulista permite múltiplas conexões internacionais.

"Esta significativa conquista é resultado da conclusão bem-sucedida de um processo formal que identificou a Latam como o operador preferencial no ano passado", diz a nota do governo das Malvinas. O voo inaugural está previsto para 6 de novembro, segundo o comunicado.

Uma vez por mês o voo entre São Paulo e Stanley terá escala na cidade de Córdoba, na Argentina.

Bahrein afunda Boeing 747 para criar parque de mergulho

UOL Notícias